Pilates ajudando na recuperação do Covid 19





Olá! Eu sou a Dani e esse texto falará sobre Pilates ajudando na recuperação do Covid 19. Entre no nosso grupo de Whatsapp clicando aqui




As complicações no sistema respiratório são uma das principais sequelas deixadas nos pacientes que já tiveram a Covid-19. Por este motivo, a indicação de atividades que exercitam a musculatura dos órgãos envolvidos na respiração são indicadas por profissionais da saúde para a recuperação dos pacientes. Porém, podemos afirmar, é que se trata de uma doença que não atinge somente o sistema respiratório e cada vez mais aparecem pessoas com sequelas em diferentes partes do organismo, e isso requer um olhar cada vez mais atento ao nosso aluno.

A vantagem do Pilates diante outras atividades físicas para a recuperação de pacientes pós-Covid-19 é a questão do acompanhamento da respiração em cada movimento, a consciência corporal e o fato do Pilates treinar a concentração do indivíduo durante uma sessão bem realizada e devidamente acompanhada pelo instrutor.

"Sabemos que é cada vez maior o número de profissionais que atuam nesse segmento. Por isso, preparamos um Drive Virtual cheio de artigos, apostilas, matérias sobre a execução e atuação do Pilates tanto na Educação Fisica quanto na Fisioterapia. Clique aqui e saiba mais!"

O pilates ajudará o paciente a melhorar as suas funções físicas proporcionando um bem-estar maior. Tudo isso através dos exercícios feitos. Quando você utiliza o pilates com um propósito, você acaba por melhorar outros fatores como:

  • A coordenação respiratória;
  • Melhorar a musculatura abdominal;
  • Fortalecimento de outros músculos do tronco;
  • Entre outras mudanças.

Quando se utiliza do pilates para fazer uma reabilitação, os exercícios que acabam sendo propostos têm ênfase na respiração ao começar o movimento.

Assim, torna-se possível organizar o tronco e melhorar os músculos inspiratórios e cervicais de modo sincronizado com a ação do músculo, fazendo com que a ventilação pulmonar melhore.

As prioridades que deverão ser trabalhadas serão força, flexibilidade (sem grandes amplitudes) e equilíbrio em poucas séries por repetições e com intervalos grandes entre as séries. Recomenda-se uma progressão lenta para que não haja a sensação de dor e desestimular a participação do aluno.

Não se esqueça de observar se o seu aluno está hiperventilando em exercícios de intensidade menores durante o treino e de utilizar a escala de percepção subjetiva de esforço (escala de Borg) ao final de todas as aulas, para identificar a dificuldade e o progresso do seu aluno.

Ademais, se esse aluno teve problemas respiratórios graves, é provável que o tórax e abdômen estejam muito fatigados pós-Covid-19.

Podemos dizer que a recuperação será mais rápida para a pessoa que já possui o hábito de fazer pilates, pois ela já tem um bom preparo da musculatura respiratória. Portanto, o ideal é que a atividade possa ser praticada também como prevenção e não apenas como recuperação.

Todas as pessoas que sentirem a vontade de melhorar a respiração, a postura ou se manter sempre ativo fisicamente podem realizar pilates. Crianças a partir de 8 anos, gestantes e idosos também podem fazer.

Para finalizar, estamos enfrentando uma pandemia com o COVID-19,inúmeros idosos tiveram que parar suas atividades, há um guia de exercícios práticos, Exercícios para realizar com Idoso, para que um familiar possa realizar os exercícios. O Guia contém exercícios prescritos por Fisioterapeutas, especializado em Ortopedia e Traumatologia, Doutorando em Saúde. Clique aqui e saiba mais!



Eu sou a Dani, a atendente do Quero Conteúdo. Se você quiser ter conteúdo sobre esse tema para estudo, entre em contato pelo Whatsapp ou email do site . Conheça também nossa página de materiais educativos gratuitos .


Comente:

Nenhum comentário