3 leis corporais no Pilates







O método pilates é atualmente utilizado na reabilitação e na prática de atividade física. Alguns estudos investigaram sua eficácia no tratamento de condições específicas, mas informações sobre a avaliação biomecânica durante a realização dos exercícios ainda são escassas.

As principais indicações do método pilates são controle dos sintomas da fibromialgia, ganho de flexibilidade, melhora de alterações posturais, da força muscular, da coordenação, do equilíbrio, da simetria muscular, da propriocepção, aumento da amplitude de movimento, melhora geral da saúde6, tratamento da dor lombar e estabilização lombopélvica. O principal foco do método pilates é a centralização, também conhecida como powerhouse ou centro de força, que envolve contrações musculares concêntricas e isométricas dos músculos abdominais, extensores do quadril, flexores do quadril e assoalho pélvico. Esses músculos fortalecidos promovem uma estabilidade da coluna lombar e pelve, auxiliando na estabilidade dinâmica do corpo durante a execução dos exercícios.

Em um corpo saudável com seu sistema estabilizador em equilíbrio deve respeitar as três leis corporais:

  • Lei do Equilíbrio: Em nossa fisiologia, o equilíbrio corporal, em toda sua dimensão corporal (parietal, visceral, hemodinâmica e neurológico). É sempre prioridade e as soluções encontradas são sempre econômicas.
  • Lei do Conforto: O funcionamento de um corpo é fisiológico e sempre confortável. Já o comportamento de um corpo não fisiológico, estará sempre em busca da conservação do equilíbrio, tendo como prioridade a ausência de dor.
  • Lei da Economia: Esse corpo fará tudo para não sofrer, mesmo que esse esquema adaptativo comprometa a nossa mobilidade, levando a um desgaste excessivo de energia, e deformações corporais posteriormente.

Essas três leis: conforto, equilíbrio e economia do corpo devem ser capazes de transferir economicamente através de sua mobilidade e rigidez (estabilidade). Permitindo que seus músculos e tendões usem a energia potencial elástica à seu favor.

Portanto quando pensamos em estabilidade, devemos lembrar também na necessidade do equilíbrio entre a rigidez central e a mobilidade.

O mais importante de tudo é não esquecermos que a coluna e todo o corpo devem ser mobilizados. Também, e, sobretudo em extensão, sem receio, mesmo com a presença de uma lesão lombar, com o Power House bem ativado, os riscos de dano à coluna são minimizados.

Lembre-se sempre que a falta de movimento é curada com o movimento.

Nesse final de texto, vou te fazer uma pergunta: você já estou a biomecânica do Pilates? Você sabia que Dominar a Biomecânica irá promover uma transformação radical na sua visão do Pilates e um incrível salto em qualidade nas suas aulas? Conheça esse curso online sobre Biomecânica do Pilates que tem conteúdo para você mudar o patamar da sua carreira. Clique aqui!



Comente:

Nenhum comentário