6 princípios do método Pilates







Método Pilates propõe um treinamento a partir do conhecimento integrado entre corpo, mente e vida saudável que relaciona as fraquezas e compensações musculares geradoras de desequilíbrios musculares em todas as alavancas do corpo. Portanto, se considerarmos o Método Pilates como uma prática corporal que utiliza o peso corporal e a força da gravidade como aliados para o desenvolvimento da força muscular, da flexibilidade, do equilíbrio corporal e da consciência corporal, podemos supor que o mesmo consiste em uma interessante ferramenta para intervenções no âmbito da postura corporal, seja de caráter de reabilitação ou educacional.

Todo instrutor tem por obrigação analisar os sinais que o corpo do aluno está dando e a partir de então planejar e desenvolver um conjunto de exercícios que propiciem a integração de mente, corpo e espírito. Essa integração é muito importante no Pilates, pois só assim o indivíduo é capaz de ter o controle completo do próprio corpo.

Como Joseph afirmava, a Contrologia tem por resultado o controle consciente de todos os movimentos musculares do corpo, assim aplicando todos os princípios do método que tem bases em fundamentos anatômicos, fisiológicos e cinesiológicos, que são: Concentração, Controle, Precisão, Centramento, Respiração e Movimento fluido.

Concentração – o objetivo desse princípio é a total concentração no movimento que está sendo realizado para garantir que este seja desenvolvido com a maior eficácia possível;

Controle – o controle do movimento visa um padrão suave e harmônica sempre se concentrando no exercício proposto assim visando aprimorar a coordenação motora e evitando contrações musculares desnecessárias;

Precisão – ele é fundamental para a qualidade do movimento e realinhamento postural, assim controlando o equilíbrio dos diferentes músculos que estão sendo trabalhados no movimento;

Centro – mais conhecido como power house é o foco de todos os exercícios do método, pois o fortalecimento dessa musculatura proporciona a estabilização do tronco e um alinhamento com menor gasto energético aos movimentos;

Respiração – o método enfatiza a respiração e é o fator primordial no início do movimento, e tem sempre que estar sincronizada com a realização dos movimentos;

Fluidez – o objetivo desse princípio é dar leveza ao exercício, com movimentos controlados para que não haja impacto pesados no começo nem no final de nenhum exercício.

É importante lembrar que todos os exercícios tem por objetivo fortalecer a musculatura estabilizadora profunda do abdômen, promover mobilidade para as articulações, e também reeducação do movimento. Assim como uma melhor consciência corporal, melhora da postura e músculos saudáveis (alongados e tonificados).

DICA BOA:

O Mat Pilates: Um Guia Interativo serve como instrução para profissionais da saúde. Ele é muito bom porque traz a s técnicas da modalidade tradicional e do Mat Pilates que são muito eficazes e, depois de pouco tempo de treino, é bem provável que os alunos notem diferença no seu corpo. É um upgrade para se trazer resultados cada vez mais intensos. Esse curso é excelente! Clique aqui e saiba mais!



Quer anunciar neste blog?
Mande uma mensagem no Whatsapp clicando aqui

Quer sugerir uma pauta?
Mande uma mensagem no Whatsapp clicando aqui ou um email clicando aqui




Comente:

Nenhum comentário